Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Prefeitura limpa galerias de água pluvial em toda cidade

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

05/09/2017 16h52 - Atualizado em 05/09/2017 16h56

Prefeitura limpa galerias de água pluvial em toda cidade

Mais de dois mil bueiros foram desobstruídos antes das chuvas

Durante a estiagem, a Prefeitura segue desenvolvendo medidas preventivas para evitar que os mesmos transtornos que as chuvas geralmente traziam se repitam. Além das obras de drenagem de grande porte em vias importantes como as avenidas Brasil, Universitária, JK, Fernando Costa, dentre outras, a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos está desobstruindo galerias inteiras, por meio das equipes, que contam com um caminhão do tipo hidrojato. Os resultados não poderiam ser melhores: 2280 bueiros foram liberados, em 64 bairros, nos últimos 8 meses.

No centro da cidade, por exemplo, 547 bocas de lobo foram limpas e desentupidas, recentemente. A ação soma-se a outras como a varrição e a coleta de lixo e de resíduos sólidos que seguem totalmente regular, apresentando ótimos resultados. Ainda assim, cinco caminhões, do tipo caçamba, completamente lotados de dejetos, foram retirados das galerias de água pluvial da região.

Mas o trabalho também se estende aos bairros distantes do centro da cidade, como o Residencial Copacabana, que já recebeu as frentes de trabalho em duas oportunidades neste ano. Filostro, Residencial Pedro Ludovico, Recanto do Sol, Bairro Alvorada, dentre outros, completam uma lista de 64 setores que está sendo ampliada diariamente. “Vamos atender o maior número de áreas residenciais que estiver ao nosso alcance, antes das chuvas”, confirmou o secretário de Obras e Serviços Públicos, Vinícius Alves de Sousa. “O restante será atendido dentro do nosso esforço permanente”, garantiu.

Já na região da grande Jaiara, 250 bueiros foram completamente limpos, diminuindo o risco de alagamentos, durante as chuvas. Ali perto, na Rua Ipameri, na Nova Vila, o comerciante David Delmont, 58, informou que a rua sempre alaga, quando chove forte. “Se não limpar, entra de novo”, advertiu o dono de um bar, que já viu a água invadir o estabelecimento mais de uma vez. Dessa vez, no entanto, o socorro veio com antecedência para ele e para tantos outros. 

Prefeitura limpa galerias de água pluvial em toda cidade